domingo, janeiro 10, 2010

Da engenharia agrícola à biomedicina


Ana Rita Rendeiro licenciou-se em Engenharia Agrícola mas é hoje doutorada em Ciências Biomédicas, uma área recente e com grande potencial. O projecto da sua vida é identificar as causas genéticas dos problemas reumáticos que afectam um grande número de terceirenses.
Não existem decisões inultrapassáveis. O percurso de Ana Rita Rendeiro, do Serviço Especializado de Epidemiologia e Biologia Molecular do Hospital de Santo Espírito (SEEBMO), começou com uma licenciatura em Engenharia Agrícola, na Universidade dos Açores. Hoje, a angrense com 35 anos terminou o doutoramento em Ciências Biomédicas, no Instituto de Ciências Biomédicas Abel Salazar, da Universidade do Porto. A tese debruçou-se sobre a genética e epidemiologia das calcificações ectópicas, ou seja, os problemas de reumatismo que, na Terceira, afectam muitas pessoas.Acredita que há um tempo certo para todos os projectos e que com trabalho não existem limitações. “Não sabia bem o que queria tirar. Sabia que existia o curso de Engenharia Agrícola aqui e, na altura, queria ficar por cá. Então decidi, já desde o liceu, fazer a especialização em técnicas agrárias. Gostei e fui para a universidade só que quando tirei o curso as minhas cadeiras base, a matemática, a bioquímica, a genética, foram as que gostei mais. Das específicas, nem tanto…”, confessa.No quinto ano da licenciatura fez o estágio curricular na Bélgica. Esse era já o tempo de sair da ilha e contactar com uma nova disciplina de trabalho. “Fiz o estágio em poluição de solos e águas. Achei que era uma área interessante. Mas também não me agradou em demasia”. O próximo passo foi começar a trabalhar no laboratório de genética do pólo da Terra Chã da Universidade dos Açores. Gostou da área e decidiu enveredar pela biotecnologia. Fez um mestrado internacional, dividido por Inglaterra e Holanda. No mestrado contactou com áreas relacionadas com a medicina. Decidiu falar com o director do SEEBMO, Jácome Armas, com vista a ingressar no laboratório. “Tive uma grande sorte em ser aceite porque ele é uma pessoa que para além dos testes de rotina que faz para o hospital valoriza muito a investigação”. Encontrou no laboratório uma família. “Não seria nada justo da minha parte deixar de referir o importante papel que todos os meus colegas do SEEBMO tiveram no decorrer da minha tese de doutoramento. Sem eles não teria sido possível fazê-lo. É uma equipa jovem, cientificamente ambiciosa e com muito potencial”, diz.Embora Ana Rita Rendeiro tenha um percurso não convencional, afirma que sempre soube, “desde muito nova”, que pretendia alcançar o doutoramento. Do estrangeiro trouxe a disciplina de trabalho. “Tive de trabalhar bastante. Vinha de uma licenciatura base com algumas lacunas em determinados níveis. Quando fui para a Inglaterra e Holanda tive de trabalhar muito. Muito mesmo, para ultrapassar essas dificuldades. Tudo correu bem, à custa de muito esforço e dedicação”.
Reumatismo nos genes
A biomedicina é uma área de ponta. “Há muito potencial, principalmente a nível da terapêutica. Do que andamos todos á procura é de uma molécula fantástica que cure uma doença”, diz, com entusiasmo, Ana Rita Rendeiro, num dos gabinetes do SEEBMO, laboratório localizado na Vinha Brava, Angra do Heroísmo.No caso da terceirense a doença alvo da tese de doutoramento na Universidade do Porto, intitulada “Genetics and Epidemiology os Ectopic Calcification”, foi o reumatismo, muito presente na população da Terceira, em especial no Norte da ilha. Pensa-se que a causa seja genética. “Estudei famílias identificadas pelo doutor Jácome Armas. Trata-se de pessoas que apresentam grandes limitações na sua vida devido ao aparecimento desta doença, que provoca calcificações de ligamentos e de articulações. Verificam-se muitas dores e problemas de movimento. A diferença é que as limitações começam a sentir-se muito cedo, à terceira década de vida, em muitos casos”, explica.O grande objectivo é identificar a causa genética, o que não se afigura tarefa fácil. “São doenças que não são muito estudadas a nível mundial. São um pouco órfãs. Isto talvez porque não estão associadas a uma elevada taxa de mortalidade mas sim de morbilidade”. Porém, a investigadora do SEEBMO acredita que se está no bom caminho. “Identifiquei já uma área interessante de um cromossoma e neste momento estou já a sequenciar alguns genes que estão nessa zona e que são genes ‘candidatos’ a um papel preponderante na doença”, avança.Quando estudou em Oxford conheceu o orientador, australiano, que agora a ajuda neste projecto. “Ele neste momento já não está em Oxford a tempo inteiro mas na Universidade Queensland, na Austrália. Está a fazer alguma parte do trabalho lá. Enviei os DNAs e, como eles têm uma tecnologia mais evoluída, conseguem andar mais depressa. Neste momento estão já a analisar alguns resultados e estamos a chegar a alguns que são interessantes, embora ainda não tenham sido publicados”.Ana Rita Rendeiro tem a consciência de que uma descoberta nesta área será pioneira, provavelmente, a nível mundial. “Pode também ser o projecto de uma vida inteira, mas vou trabalhar nisso o tempo que for necessário”, diz, determinada.Foi essa mesma determinação que aplicou a toda a sua vida académica e profissional. “Penso que vivemos, cada vez mais, num tempo em que as pessoas precisam de ser flexíveis. Precisam de obter o conhecimento base para a seguir se especializarem. Mas especializarem-se ao longo de um tempo que por vezes será bastante longo. Tive a sorte de ter muitos bons professores, tanto no liceu como na universidade ou no estrangeiro, que me deram as ferramentas necessárias para querer ir mais além”, conta.Mas talvez a insatisfação e curiosidade tenham nascido ainda mais cedo, com a família. “Os meus pais são pessoas muito interessadas. A minha mãe é professora primária, o meu pai bancário. Sempre conversámos à mesa sobre coisas interessantes, sempre tivemos um dicionário onde íamos ver as palavras que não sabíamos. Íamos sempre descobrindo um pouco mais”.

(In DI-Revista)

4 Comments:

Blogger oakleyses said...

tiffany and co, christian louboutin shoes, polo ralph lauren outlet, coach purses, nike free, longchamp handbags, coach factory outlet, louis vuitton outlet, tiffany and co, louis vuitton, gucci outlet, kate spade handbags, louis vuitton outlet, true religion jeans, tory burch outlet, kate spade outlet, prada handbags, air max, michael kors outlet, chanel handbags, burberry outlet, ray ban sunglasses, oakley sunglasses, burberry outlet, prada outlet, nike shoes, michael kors outlet, longchamp outlet, louis vuitton handbags, ray ban sunglasses, coach outlet, jordan shoes, michael kors outlet, louboutin outlet, michael kors outlet, polo ralph lauren outlet, air max, michael kors outlet, michael kors outlet, coach outlet store online, louis vuitton outlet stores, oakley sunglasses cheap, oakley sunglasses, true religion jeans, louboutin, longchamp handbags, louboutin

11:38 da tarde  
Blogger oakleyses said...

hollister, louis vuitton uk, michael kors, sac burberry, true religion outlet, nike tn, vans pas cher, abercrombie and fitch, nike roshe run, nike air max, michael kors, louboutin, oakley pas cher, timberland, nike free pas cher, north face, nike trainers, polo ralph lauren, mulberry, ray ban pas cher, michael kors pas cher, new balance pas cher, ray ban sunglasses, air max, air force, barbour, sac longchamp, sac louis vuitton, vanessa bruno, lululemon, sac guess, sac louis vuitton, air jordan, sac hermes, louis vuitton, true religion outlet, nike free, air max, longchamp, hogan outlet, nike roshe, hollister, ralph lauren, north face, polo lacoste, air max pas cher, converse pas cher, nike blazer

11:50 da tarde  
Blogger oakleyses said...

hollister, herve leger, canada goose, insanity workout, nfl jerseys, canada goose, soccer jerseys, north face outlet, p90x, ugg, uggs outlet, canada goose, marc jacobs, new balance shoes, ugg pas cher, canada goose outlet, ferragamo shoes, canada goose uk, celine handbags, jimmy choo outlet, abercrombie and fitch, reebok outlet, mac cosmetics, longchamp, wedding dresses, ugg boots, beats by dre, mcm handbags, asics running shoes, ghd, giuseppe zanotti, babyliss pro, soccer shoes, canada goose jackets, ugg boots, ugg australia, lululemon outlet, birkin bag, mont blanc, north face jackets, nike huarache, nike roshe run, bottega veneta, chi flat iron, rolex watches, instyler, vans shoes, valentino shoes

12:07 da manhã  
Blogger oakleyses said...

montre homme, iphone 6 cases, thomas sabo, swarovski crystal, hollister clothing store, swarovski, lancel, rolex watches, moncler, ray ban, wedding dresses, air max, hollister, ugg, ralph lauren, coach outlet store online, pandora jewelry, converse, baseball bats, oakley, louboutin, juicy couture outlet, moncler, gucci, air max, pandora charms, hollister, moncler outlet, timberland boots, louis vuitton, toms shoes, juicy couture outlet, canada goose, vans, parajumpers, moncler, ugg, pandora charms, canada goose, moncler, moncler, links of london, converse shoes, moncler, supra shoes, karen millen

12:07 da manhã  

Enviar um comentário

<< Home